Política de privacidade

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat. Duis aute irure dolor in reprehenderit in voluptate velit esse cillum dolore eu fugiat nulla pariatur. Excepteur sint occaecat cupidatat non proident, sunt in culpa qui officia deserunt mollit anim id est laborum.

A sua nova Casa de Campo!

Há muito para descobrir. Venha descobri-lo connosco!

A Quinta da Cortiça dá-lhe as boas-vindas

A quem chega a Alvaiázere vindo de sul marcando a paisagem com o seu aspecto de antiga casa agrícola mas sobretudo com a antiga torre de menagem que a caracteriza. É memória de muitas gerações tendo sobre as portas que dão acesso à casa as inscrições de 1818 e 1767.

Está na mesma família há mais de 300 anos tendo assumido muitas vezes o papel de residência dos proprietários e sido utilizada como assento de lavora de terras envolventes.

As principais atividades foram a produção de azeite, floresta e pecuária onde até ao fim do século XX pastava por estas terras um rebanho de cujo leite se produzia queijo.

Atualmente mantém-se alguma atividade agrícola estando em andamento a certificação como modo de produção biológico. No entanto, alguns espaços agrícolas deram espaço a equipamentos de turismo.

A Quinta da Cortiça é atualmente uma albergaria de peregrinos de Santiago tendo em 2018 sido para o efeito inauguradas duas camaratas.
Como apoio a estas foi construída uma sala multifuncional que é composta por uma cozinha comunitária com zona de refeições, uma sala de estar e uma recepção com loja.
Em 2019 foi inaugurada uma nova sala multifunções que permite para além da sua utilização como sala de estar, a utilização como sala para pequenos eventos ou reuniões. Foram ainda inaugurados 3 novos quartos que estão disponíveis para aluguer a hóspedes não peregrinos.

Numa região não industrializada onde a natureza se manifesta ainda muitas vezes em todo o seu esplendor, preservando espécies de animais, aves e plantas que tendem a extinguir, este território preserva ainda os vestígios dos que cá passaram desde há pelo menos 6000 anos atrás trazendo-nos memórias bem visíveis da idade do bronze, do ferro, do tempo dos romanos e dos templários.